Elsimar Coutinho - Saúde e sexualidade
Português Português
livros

Menstruação, A Sangria Inútil

Para comprar esse livro, Clique Aqui!

Este livro, sem dúvida, representa um avanço nos cuidados com a saúde da mulher. Doenças como endometriose, tensão pré-menstrual e anemia podem ser facilmente combatidas a partir da supressão da menstruação, revela o doutor Elsimar Coutinho, médico e professor titular do Departamento de Reprodução Humana da Universidade Federal da Bahia. Entre os métodos propostos pelo autor para evitar a menstruação, está a utilização do AMP, anticoncepcional injetável com eficácia comprovada, igualando-se à contracepção cirúrgica.

“Este livro é um chamado que leva as mulheres a pensar efetivamente sobre a menstruação e suas funções”. Durante séculos nós nunca questionamos o fato de que esse é um fenômeno natural necessário. O autor apresenta uma teoria convincente que prova o contrário e desafia conceitos básicos aceitos ao longo de muitas eras históricas – e com isso nos revela uma forma inteiramente nova de pensar. Leia o livro”.
Janet Benshoof
Presidente do Centro Norte-Americano de Políticas Legais da Reprodução

Ao menstruar pela primeira vez, recordo bem, mamãe me disse: “Minha filha, você ficou incomodada e esse incômodo vai se repetir todos os meses”.

“Todos os meses?”, me alarmei. Não tinha completado ainda 12 anos e já ouvira falar sobre a menstruação das mulheres. Não sabia, no entanto, que essa penitência continuaria pela vida afora. Durante muitos anos, o castigo se repetiu com dolorosas cólicas pré-menstruais e forte tensão.

Acompanho com entusiasmo, desde os anos 60, quando nos mudamos para a Bahia, as atividades e o trabalho pertinaz do competente cientista Dr. Elsimar Coutinho, à procura de meios para terminar ou ao menos diminuir os “incômodos” femininos, fazendo descobertas revolucionárias.

Tenho em mãos agora, aos 80 anos, os originais do livro. Chego, entusiasmada, ao fim da leitura, deste trabalho sério, elucidativo, dotado de uma linguagem acessível, verdadeira alforria para as mulheres. Só lamento não ter alcançado os benefícios que as mulheres agora poderão usufruir, graças ao saber do incansável professor Elsimar Coutinho.
Zélia Gattai Amado
Escritora

“Elsimar Coutinho, cientista que honra a cultura da Bahia e do Brasil, anuncia uma revolução na vida das mulheres: o fim da menstruação. Mais do que um incômodo, a menstruação é um castigo. A notícia de que as mulheres não voltarão a sofrer a cada trinta dias os rigores do sangramento é mais do que uma alvissareira. Com este livro revelador, Elsimar se consagra em definitivo.”
Jorge Amado
Escritor

Apresentação

Tive o privilégio de acompanhar a trajetória de Elsimar Coutinho nas duas últimas décadas. Mente lúcida, veloz como o relâmpago, sempre me deleitei ao vê-lo nos congressos debatendo com argumentações que fulminavam os seus oponentes. Suas idéias e posicionamentos são quase sempre de vanguarda, causando desconforto entre os conservadores, pois o ilustre pesquisador é incapaz de acomodar-se diante de mitos e preconceitos. Sua mente reflexiva mergulha no âmago das questões, rompendo barreiras e sedimentando novos conceitos que acabam pro ser aceitos como verdadeiros. Foi assim em relação à terapia de reposição hormonal (TRH). Tantas vezes acusado de machista, em verdade, sempre se preocupou com o bem-estar físico, mental e social das mulheres, que, ao longo do tempo, se constituíram na razão principal da sua luta cotidiana.

Médico consagrado no contato afável e humano com as pacientes, sabe como poucos harmonizar arte médica e amor, transferindo às pacientes raro exemplo de alquimia interior.

Após mais de três centenas de trabalhos publicados, sobretudo no exterior, poderia repousar sobre os louros da vitória. No entanto, hoje a sua dedicação ao trabalho é ainda maior, executando ecleticamente várias atividades científicas e sociais, sempre em benefício das mulheres.

Os distúrbios acarretados pela menstruação, que assolam apreciável contingente da população feminina, há muito preocupavam Elsimar Coutinho. Suas reflexões o levaram a pensar que a mulher, em comunhão com a natureza, não deveria menstruar. Seus estudos de filogenia e anátomo-fisiologia comparada o convenceram de que os primatas em liberdade raramente menstruavam. A partir desta convicção, começou a defender a idéia de que a menstruação era desnecessária para o bem-estar físico e mental da mulher. A partir de uma laboriosa pesquisa, que remontou às civilizações mais longínquas, recuperou o significado cultural da menstruação através dos tempos. A sangria, procedimento heróico praticado por Galeno transformado em panacéia para quase todos os males, demonstrou a sua inutilidade com o advento da medicina moderna. Não seria a menstruação uma sangria inútil que acabaria levando a mulher a reservas baixas de ferro no seu organismo?

Os conhecimentos da filosofia antroposófica correlacionam os níveis do mineral ferro ao aspecto volitivo do ser humano. Não seria o culto da menstruação outro instrumento de submissão da mulher utilizado pela sociedade machista?

Este livro abrirá um amplo espectro de discussão, fazendo vir à tona o real significado médico e cultural da menstruação. Além disso, constituí a primeira revisão científica séria sobre o assunto pautada a partir de mais de duzentas referências bibliográficas.

Elsimar Coutinho novamente vai provocar polêmica. Ao lançar um facho de luz sobre um entulho de conceitos que durante muitos séculos permaneceram intactos, sem contestação, colocará em evidência a discussão sobre um tema palpitante que merece uma releitura sob a ótica dos recentes avanços da medicina. Talvez essa revisão seja o marco para a estruturação de um novo enfoque para a terapêutica de doenças menstruo – dependentes, como a endometriose, que se vem constituindo em verdadeiro flagelo para a saúde da mulher.

Parabéns Elsimar por enfrentar, com coragem e determinação, mais este desafio.

Dirceu Henrique Mendes Pereira
Doutor em Ginecologia e Obstetrícia
Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

Imprimir Recomende a um amigo
[X]
Enviar por email.

Atendimento

Preencha todos os campos. Marcação de consultas, ligar para um dos consultórios listados no rodapé do site. Enviar Mensagem